Instalando os arquivos binarios comprimidos do MariaDB

Os arquivos binarios comprimidos são nomeados seguindo o padrão: mariadb-VERSÃO-SO.tar.gz. Certifique-se de baixar a versão correta para seu computador.

Para instalar os binários, descompacte a distribuição dentro do diretório da sua preferença e execute o script mysql_install_db

No exemplo de abaixo instalamos o MariaDB no diretório /usr/local/mysql (esse é o diretório padrão para o MariaDB em varias plataformas). No entanto qualquer outro diretório podería funcionar.

A gente instalou o binário com uma ligação simbólica ao nome original. Isto é feito dessa forma para que você possa mudar as versões do MariaDB simplesmente fazendo com que a ligação simbólica aponte a outro diretório.

NOTA: Para MariaDB 5.1.32 somente a linha "./scripts/mysql_install_db --user=mysql" deveria ser mudada a "./bin/mysql_install_db --user=mysql"

Certifique-se de estar usando os arquivos my.cnf certos.

O MariaDB procura pelos arquivos de configuração '/etc/my.cnf' (em alguns sistemas '/etc/mysql/my.cnf') e '~/.my.cnf'. Se você tiver algum velho arquivo my.cnf (possivelmente de uma outra instalação do MariaDB ou MySQL) você precisa tomar cuidado de não usar acidentalmente o velho arquivo com a nova instalação do binário .tar.

A solução mais comum para isto é ignorar o arquivo my.cnf em /etc quando você usa os programas no arquivo tar.

Isto é feito criando seu proprio arquivo .my.cnf no seu diretório home e dizendo a mysql_install_db, mysqld_safe e possivelmente a mysql (o utilitario da linha de comando do cliente) para somente usar este com a opção '--defaults-file=~/.my.cnf'. Note-se que essa tem que ser a primeira opção para os comandos abaixo!

Instalando MariaDB como root em /usr/local/mysql

Se você tiver acesso como root no sistema, você provavelmente queira instalar MariaDB sob o usuário e grupo 'mysql' (para manter a compatibilidade com instalações MySQL):

groupadd mysql
useradd -g mysql mysql
cd /usr/local
tar -zxvpf /path-to/mariadb-VERSION-OS.tar.gz
ln -s mariadb-VERSION-OS mysql
cd mysql
./scripts/mysql_install_db --user=mysql
chown -R root .
chown -R mysql data

Para iniciar mysqld você deveria executar o seguinte:

./bin/mysqld_safe --user=mysql &
or
./bin/mysqld_safe --defaults-file=~/.my.cnf --user=mysql &

Para testar a conexão, altere seu $PATH para que você possa invocar o cliente, seja mysql, mysqldump, etc.

export PATH=$PATH:/usr/local/mysql/bin/

Talvez você queira alterar seu .bashrc ou .bash_profile para fazê-lo permanente.

Instalando o MariaDB como usuário não root em qualquer diretório.

Abaixo, trocar /usr/local pelo diretório de sua preferença

cd /usr/local
gunzip < /path-to/mariadb-VERSION-OS.tar.gz | tar xf -
ln -s mariadb-VERSION-OS mysql
cd mysql
./scripts/mysql_install_db --defaults-file=~/.my.cnf

Se você tiver problemas com o comando gunzip acima, você pode em troca, se tiver gnu tar, executar:

tar xfz /path-to/mariadb-VERSION-OS.tar.gz

Para iniciar mysqld você deveria executar:

./bin/mysqld_safe --defaults-file=~/.my.cnf &

Pós-instalação

Após o procedimento anterior, lembre-se de atribuir senhas adequadas para todas as contas acessíveis a partir de fontes não confiáveis, para evitar expor o host a riscos de segurança! Considere também usar o mysql.server para iniciar o MariaDB automaticamente assim que seu sistema iniciar.

Os nossos binários do MariaDB são similares aos binários genéricos disponíveis para a distribuição binária do MySQL. Portanto, para mais opções no uso desses binários, a parte do manual do MySQL 5.1 em instalando os binários genéricos pode ser consultada.

Para mais detalhes nos passos exatos usados para construir os binários, veja a seção compilando MariaDB do KB.

Comments

Comments loading...